O Dropbox é uma excelente ferramenta de compartilhamento de arquivos, seja entre a mesma pessoa em vários computadores ou entre pessoas diferentes. Algumas desvantagens dela são a limitação de espaço disponível na versão gratuita e o fato que seus arquivos ficam na mão de terceiros, o que pode ser um incômodo se você tem arquivos com informações sensíveis.

Ultimamente, tem aparecido algumas alternativas para o DropoBox, veja aqui e aqui. Entres as várias opções disponíveis, iremos mostrar como criar nosso próprio servidor de compartilhamento de arquivos com o sparkleshare, que oferece clientes para os ambientes Linux e MAC. Para isso, precisaremos de alguma máquina com um IP visível na internet, pode ser um VPS (recomendo o tektonic que oferece VPSs a partir de U$15.00 ao mês) ou qualquer máquina visível na internet.

O sparkleshare utiliza por trás o GIT, que é uma ferramenta de versionamento. Assim, o servidor precisará basicamente de um acesso ssh e o GIT instalados lá.

Instalação no Servidor

Considerando que o servidor é uma máquina Linux com Ubuntu/Debian, instale o openssh-server e o git-core com os comando abaixo, onde REPONAME deve ser substituído pelo nome do repositório que você deseja utilizar.


$ sudo apt-get install git-core openssh-server
$ git init --bare REPONAME.git

Instalação no cliente

Clientes Linux

O Sparkleshare já tem binários prontos para a distribuição Fedora na própria página de download. Abaixo seguem instruções para quem está usando o Ubuntu.

  1. Adicione o repositório

  2. $ sudo add-apt-repository ppa:warp10/sparkleshare

  3. Atualize o repositório com o comando

  4. $ sudo apt-get update

  5. Instale os pacotes com o comando abaixo

  6. $ sudo apt-get install sparkleshare libwebkit1.1-cil git-core

Após a instalação você deve configurar o acesso sem senha no servidor remoto, faça o seguinte no micro cliente

  1. Execute o comando abaixo e aceite as opções default

  2. $ ssh-keygen

  3. Copie sua chave para o servidor remoto com o comando, substituia USUARIO e SERVIDOR.COM pelos respectivos nomes que você está usando

  4. $ ssh-copy-id USUARIO@SERVIDOR.COM

Agora você já pode iniciar o Sparklesahre, execute

$ sparkleshare start

Deve aparecer uma tela inicial, preencha seu nome e email

A seguir, informe o nome do seu servidor a pasta onde está armazenado seu repositório remoto. Na caixa “No meu próprio servidor”, preencha com seu USUARIO@SERVIDOR.COM e na pasta remota o caminho onde está armazenado, normalmente /home/USUARIO/REPONAME.git.

Se deu tudo certo, deve aparecer uma tela como esta

Sua pasta compartilhada deve estar no caminho ~/SparkleShare/REPONAME . Agora você pode utilizá-la normalmente como faz com as pastas compartilhadas do DropBox.

Deixe um Comentário

*